A saúde do coração está diretamente associada ao controle do colesterol. Em todo o mundo, as doenças crônicas não transmissíveis, incluindo doença cardiovascular, são responsáveis por 63% das causas de mortalidade. Um terço das doenças isquêmicas do coração é secundário à hipercolesterolemia, estimando que o desequilíbrio nos níveis de colesterol seja considerado fator agravante de aproximadamente 2,6 milhões de eventos cardíacos em todo o mundo. De acordo com dados epidemiológicos, existe uma projeção de que, entre o ano de 2010 e 2020, ocorra um crescimento de 15% – em torno de 44 milhões de mortes associadas a doenças crônicas em geral. No Brasil, essa mortalidade ultrapassa a porcentagem mundial, expressa-se em quase 75%.   A dislipidemia é uma doença metabólica que provoca aumento progressivo dos níveis plasmáticos de colesterol de baixa intensidade (LDL), redução do colesterol de alta densidade (HDL) e aumento dos triglicerídeos, podendo ser classificada em primária ou…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar