A beleza corporal vem se tornando um alvo de árdua conquista pelas pessoas, em diversos sentidos. O envelhecimento é uma das maiores preocupações relacionadas à estética do corpo, principalmente no que se diz respeito à aparência da pele. Com o tempo, as células vão perdendo sua capacidade de se replicar, devido aos danos no DNA decorrentes da radiação ultravioleta, de toxinas ou de alteração relacionada à idade. Diante disso, começam a surgir sinais característicos desse período, como linhas de expressão, diminuição da espessura da pele e ressecamento cutâneo. Diariamente, a exposição à agentes externos, incluindo principalmente a radiação solar, contribui para desencadear potencialmente o estresse oxidativo, e com isso, a formação expressiva de radicais livres (EROs). Esses compostos são capazes de promover desordens cutâneas expressivas, como o comprometimento da integridade da estrutura da pele, desestruturação das fibras de colágeno e elastina e contribuição para acelerar o processo de envelhecimento deste…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar