O ganho de peso no fim do ano é uma condição comum, especialmente, por conta dos excessos alimentares presentes na rotina dos pacientes. Pesquisas realizadas pela Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica evidenciam que o aumento do peso ao longo da vida apresenta relação significativa com pequenos períodos de superalimentação, como é o caso das confraternizações e festas do mês de dezembro. De acordo com a fisiologia do organismo, o número de células adiposas aumenta após a ingestão desequilibrada de uma dieta rica em carboidratos ou lipídios. Mudanças na formação dos adipócitos ocorrem a partir de um complexo arranjo de eventos que envolve proliferação e diferenciação de pré-adipócitos, associados ao grau de absorção da gordura e do carboidrato dietético. Diante disso, estratégias nutricionais que equilibrem o processo absortivo dos lipídeos e modulem o metabolismo endógeno desses macronutrientes são essenciais no período de confraternizações em que…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar