As mudanças dos padrões de vida da população influenciam diretamente na saúde. O sedentarismo e as dietas desbalanceadas são apontados como as principais causas do ganho excessivo de peso. O alto consumo de carboidratos refinados e gorduras saturadas e trans caracterizam a dieta ocidental, influenciando diretamente no aumento da obesidade. A grande fonte de glicose sanguínea é proveniente dos carboidratos da alimentação, que são hidrolisados pelas enzimas α-amilase e α-glucosidase e absorvidos no intestino delgado. A alteração dos níveis de glicose sanguínea é uma característica importante para controle do peso, visto que o seu excesso se transforma em gordura para ser armazenada. A absorção desses carboidratos pode ser minimizada pela ação das fibras alimentares que, embora possuam propriedades físico-químicas diferentes, são consideradas carboidratos não digeríveis pelo organismo, que passam por processo de fermentação intestinal e formação de componentes que atuam no metabolismo corporal. Além disso, são responsáveis também por auxiliar…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar