Somos um grande conectoma e, certamente, nenhuma parte do nosso corpo funciona sem estar conectada ao sistema nervoso central pelo modelo informacional traçado na trajetória do eixo. Este fluxo de intenções circulando como hormônios, citoquinas, neurotransmissores são as grandes moléculas de informação ou mesmo moléculas de emoção e permitem ao homem garantir sobrevivência, adaptação e procriação. Sem este fluxo vital não traduziríamos o mundo com tanta riqueza e ainda teríamos que buscar ‘’emojis’’ para transparecer a emoção de ouvir uma música ou ao medo de um assalto. É como se temperássemos os modelos de desadaptação, que se dá pela falta ou excesso de neurotransmissores em alguns pontos do sistema. Este desequilíbrio gera mudanças comportamentais, perda de sono, desânimo, irritabilidade, ansiedade, voracidade, o que despertou na psiquiatria o seu interesse pelo diagnóstico através de um modelo nutricional, utilizando todo o potencial terapêutico de nutrientes e nutracêuticos no amparo às terapias para…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar