O período de festas no fim do ano é caracterizado por diferentes mudanças na rotina das pessoas. A alimentação é umas das partes mais afetadas, tendo em vista que é nessa época que se realizam as confraternizações de trabalho, faculdade e as ceias de Natal e Ano-Novo, normalmente, carregadas de preparações calóricas. Com essas alterações, é difícil não associar os exageros alimentares com o ganho de peso. Pesquisas demonstram que é possível ganhar em torno de 2kg neste período devido ao aumento da ingestão de alimentos com alta densidade energética e à ausência da prática de exercícios físicos regulares. Diversas disfunções fisiológicas acontecem no organismo por conta dessas mudanças. O consumo de alimentos com alto índice glicêmico e carga glicêmica, acompanhados de alta concentração de gorduras, leva ao comprometimento metabólico, aumentando a resistência à insulina e promovendo desequilíbrio no perfil lipídico do sangue. Outro fator que também deve ser levado…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar