O treinamento e o preparo físico do atleta e do desportista são fatores essenciais na busca por resultados satisfatórios, mas não os únicos pontos a serem abordados. A integridade dos tecidos musculares, ósseos e, principalmente, articulares, é um ponto fundamental para ser levado em consideração quando se trata de performance esportiva. A atividade física excessiva e com grande frequência pode levar ao comprometimento dos músculos e articulações devido ao impacto constante que gera, assim como o maior risco para lesões ósseas e musculares. Como já não é novidade, a alimentação é o ponto-chave para prevenção de lesões decorrentes do exercício físico de alta intensidade, além de prevenir possíveis fraturas ósseas ocasionadas por este desgaste. A modulação inflamatória, a redução do estresse oxidativo e a formação de massa óssea são os principais benefícios esperados com a adequação alimentar. Frutas cítricas, gengibre, tubérculos e outros vegetais apresentam compostos bioativos que atuam na…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar