O número de crianças e adultos obesos é cada vez maior, em países diversos e até mesmo naqueles que se caracterizam por uma população magra, como é o caso do Japão. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera a obesidade como um problema de saúde pública tão preocupante quanto a desnutrição. No Brasil, estima-se que 20% das crianças sejam obesas e que aproximadamente 32% da população adulta apresentam algum grau de excesso de peso. De acordo com dados da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição (PNSN), a prevalência de obesidade em brasileiros com mais de 18 anos de idade é de 28%, no caso dos homens, e de 38% no público feminino. Dentre as diversas causas do aumento do peso, destaca-se principalmente a alimentação inadequada. O excesso da ingestão de alimentos calóricos e com pouca densidade nutritiva é um dos principais desencadeadores do desequilíbrio hormonal e funcional do organismo, potencializando…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar