Nome CientÍfico: Nucleotides, gum arabic Dose usual:  300 mg a 500 mg ao dia Nucleotídeos têm papel fundamental na formação estrutural do DNA e do RNA, além de serem indispensáveis em certos processos bioquímicos, como o metabolismo celular e as vias de sinalização. Tecidos com altas taxas de proliferação como o fígado, as células da mucosa intestinal e o sistema imunológico necessitam de um suprimento constante de nucleotídeos para a síntese rápida dos ácidos nucleicos (DNA e RNA) para manter o crescimento celular e função tecidual. Certas situações com alta demanda da atividade do metabolismo como estresse, exercício intenso, vulnerabilidade por infecções e mobilização do sistema imune têm influência direta na síntese dos nucleotídeos, uma vez que essas situações também demandam grandes quantidades de energia e alta taxa de renovação celular. Dessa forma, os níveis normais de nucleotídeos no organismo encontram-se reduzidos. A fim de manter os níveis de nucleotídeos e melhorar…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar