A baixa imunidade é uma condição clínica que possui estreita relação com o estresse e outras condições associadas ao meio ambiente e aos hábitos de vida, tais como exposição à poluentes e componentes alergênicos, e consumo alimentar inadequado. Particularmente, nas últimas décadas, tem-se observado aumento significativo de pessoas com doenças alérgicas, principalmente na população pediátrica. As alergias alimentares (AA) tornaram-se um grande problema de saúde no mundo todo e estão associadas a um impacto negativo na qualidade de vida. A imunidade debilitada, seja por má nutrição, ou por comprometimento associado à fase da vida (comum em crianças e idosos) deve ser corrigida com estratégias nutricionais adequadas, no intuito de aumentar as respostas imunológicas frente a diversos agentes pró-inflamatórios e alergênicos. A alergia alimentar é definida como uma resposta imunológica adversa à alimentos, que afeta em torno de 6% das crianças e 4% dos adultos. As reações alérgicas induzidas pelo alimento…

Faça o login para ver o restante deste conteúdo!

Ou cadastre-se para ter acesso a este conteúdo e a notícias científicas direcionadas ao profissional da saúde com os temas mais relevantes, informações sobre nutrição magistral e novas ferramentas para a prática clínica. É grátis!

Já sou Cadastrado Quero me cadastrar