Muitas alterações acontecem no organismo com o avançar da idade. A deficiência hormonal é uma delas, geralmente afetando homens e mulheres a partir dos 45 anos de idade, principalmente, quanto aos hormônios sexuais levando a redução da libido e desempenho sexual em ambos os sexos, além de outras alterações fisiológicas como sobre o desenvolvimento do tecido muscular e ósseo. A nutrição promove grande influência no equilíbrio dessa alteração, pois por meio de determinados alimentos e nutracêuticos é possível à modulação e normalização dos níveis hormonais saudáveis como o da testosterona e do estrogênio.

Em relação à alimentação, os fitoestrógenos, encontrados predominantemente na soja, oferecem importantes benefícios para a saúde humana, com destaque às isoflavonas como as formas mais comuns. Entre eles, a redução do risco cardiovascular, a prevenção ou o tratamento da osteoporose e o alívio dos sintomas da menopausa, uma vez que esses compostos atuam como estrogênios naturais no organismo. Outras opções alimentares que auxiliam na modulação hormonal, principalmente, para aumentar a libido, podem ser inclusas na rotina, como maca peruana, capaz de melhorar o fluxo sanguíneo na zona pélvica, com vitaminas do complexo B e minerais que participam na formação de hormônios sexuais; frutas vermelhas, ricas em antioxidantes, que combatem os radicais livres e promovem integridade nas células sexuais; mel, com grande concentração de vitaminas do complexo B, que atuam na produção de testosterona e, de forma secundária, do estrogênio; e cacau, que apresenta quantidades significativas de triptofano, estimulando a produção de serotonina para promover a sensação de bem-estar e prazer.

A testosterona é um hormônio natural que apresenta ação anabólica e andrógena, relacionada ao aumento da massa muscular, principalmente, no gênero masculino por apresentar maior produção em comparação às mulheres. A redução dos níveis de testosterona pode ocorrer na andropausa, no envelhecimento e em algumas patologias, como a obesidade, promovendo fortemente o catabolismo muscular, a fadiga, a diminuição da libido e o desempenho sexual. Diante disso, o mais novo ativo Galena® é direcionado à função de estimular a produção hormonal adequada no organismo. Testofen® é um ativo 100% natural obtido a partir do extrato da semente do Feno Grego, com concentração de mais cem tipos de fitoquímicos diferentes. Padronizado em 50%, FenusideTM é uma mistura única de glicosídeos de furostanol e saponinas esteroidais que garante a modulação dos níveis saudáveis de testosterona livre, estimulando o desenvolvimento muscular pelo aumento de massa e força; e promovendo ação estimulante sexual e aumento da libido no homem.

Para demonstrar seus benefícios, um estudo avaliou os efeitos da suplementação com Testofen® sobre os parâmetros de anabolismo muscular, hormônios androgênicos e gordura corporal. A suplementação ocorreu em um período de oito semanas, com a participação de sessenta voluntários, divididos em um grupo com trinta participantes suplementados com 600mg diárias de Testofen®, em duas doses de 300mg administradas após o café da manhã e após o jantar, e os trinta restantes com o placebo nas mesmas condições de posologia.  Os indivíduos deveriam realizar atividade de força resistida no mínimo quatro vezes por semana e não ter utilizado nenhum suplemento para aumento do desempenho na força resistida e endurance. Os resultados mostraram que o Testofen® aumentou aproximadamente 99% da concentração de testosterona livre e em torno de 9,6% da força muscular.

O ciclo da menopausa nas mulheres também é caracterizado por desequilíbrios hormonais e modificação na libido. A desordem de hipoatividade sexual, que afeta uma em cada três mulheres, é uma das alterações encontradas nesse período, que refletem diretamente na autoestima e, consequentemente, na qualidade de vida.

A Galena®, em parceria com a Gencor, traz para o mercado magistral Libifem®, extraído também da semente de feno grego, padronizado em 50% de FenusideTM, uma alternativa natural, com segurança e eficácia comprovada, para auxiliar no aumento da libido feminina, por modular o estrogênio circulante. O aumento dos níveis desse hormônio, após utilização desse ativo, está relacionado à sua ligação aos receptores E2 de estrogênio e indução à expressão de genes responsivos ao hormônio. É indicado para mulheres que apresentam alteração da libido e dificuldades sexuais, auxiliando, também, no controle e na redução dos sintomas da menopausa.

REFERÊNCIAS

CRUZAT, V. et al. Hormônio do crescimento e exercício físico: considerações atuais. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 44, n. 4, p. 549-62, out./dez., 2008.

FERREIRA, L. et al. Bases moleculares das ações da testosterona, hormônio do crescimento e IGF-I sobre a hipertrofia muscular esquelética e respostas ao treinamento de força. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, 2013

RAO, A. et al. Influence of a Specialized Trigonella foenumgraecum Seed Extract (Libifem), on Testosterone, Estradiol and Sexual Function in Healthy Menstruating Women, a Randomised Placebo Controlled Study. Phytotherapy Research, 2015.

ZAFRA-GOMES, A. et al. Improved sample treatment and chromatographic method for the determination of isoflavones in supplemented foods. Food Chemistry, v. 123, p. 872-877, 2010.

Posologia: Administrar 1 dose pela manhã e à noite.

Associar com:

Posologia: Administrar 1 dose antes do treino.

Posologia: Administrar 1 dose antes do treino em cápsulas ou sachê.

Posologia: Administrar 1 dose pela manhã e à noite.

 

Posologia: Administrar 1 dose pela manhã e à noite.

Posologia: Administrar 1 dose pela manhã e à noite.

(41)