O excesso de toxinas, a ingestão de alimentos inadequados e o consumo excessivo de álcool na época de festas de Carnaval, propicia uma maior exposição e produção de radicais livres nas células, induzindo a um estresse generalizado no organismo. As estratégias nutricionais devem ser orientadas corretamente e a adequação de recursos complementares específicos é uma forma eficaz de prevenir ou minimizar esses danos.

A atividade física deve ser associada a adequações específicas que atendam basicamente todas as necessidades diárias do indivíduo, com um aporte maior de determinados nutrientes. Em pessoas que irão realizar essas atividades com o objetivo de emagrecer, muitas vezes há uma ideia de que os exercícios aeróbicos (corrida, caminhada) são ideais para essa meta. Entretanto, esse tipo de exercício acaba sendo de baixa a média intensidade, diferentemente dos anaeróbicos (musculação) que apresentam curta duração e acabam sendo mais intensos, pois utilizam a glicose como substrato na produção de energia, sem a necessidade de oxigênio.

O déficit de nutrientes na alimentação das pessoas que aumentam a demanda de exercícios por conta dos prejuízos do Carnaval, pode levar à redução do desempenho, catabolismo muscular, lesões e queda na resposta imunonológica. O equilíbrio e a modulação na produção de energia ocorrem através da utilização destes nutrientes e dependem da presença de processos fisiológicos no organismo, como a detoxificação e excreção de metatólitos. A constante exposição a xenobióticos que podem ser ocasionar resposta tóxica, leva o organismo a necessidade de eliminá-los pelo processo de detoxificação.

Detoxificação completa: estratégias complementares

 Pensando nessa necessidade fisiológica, a Galena trouxe ao mercado farmacêutico o Altilix™, um ativo capaz de estimular o efeito detoxificante de forma eficaz e segura, para potencializar o processo de eliminação de toxinas no organismo pelas atividades colerética e anticolestática. Sua ação pode ser associada a outros ativos que também apresentam potencial detoxificante, como o Cacti-Nea™, que atua na excreção de compostos via urinária. O Altilix™ é extraído de folhas Cinara cardunculus L. var. altilis e o Cacti-Nea™, de um extrato seco do fruto do cacto Opuntia ficus-india, ambas fontes naturais. Com comprovação científica, estudos recentes demostraram que os bioativos presentes no Cacti-Nea™ apresentam um aumento da expressão gênica de enzimas envolvidas nas fases detox. A imagem a seguir ilustra o sinergismo dos compostos, com seus respectivos mecanismo de ação:

Figura 1 – Detoxificação completa através da associação de Altilix™ com Cacti-Nea™.

 

 

Ação antioxidante associada à detoxificação

O mecanismo de ação sinérgico desses ativos podem ser associados também à atividade antioxidante das células, que auxiliam no processo de detoxificação. O Altilix™ apresenta luteolina-7G, que tem mostrado papel importante em intensificar o fator NRF2, conhecido por ativar a resposta antioxidante do organismo, promovendo aumento de SOD, Catalase e Glutationa Peroxidase. Quanto ao Cacti-Nea, essa ação é destacada pelas betalaínas do ativo, que preservam as células do organismo de danos oxidativos e aumenta a concentração de elementos antioxidantes no plasma, como as vitaminas C e E.

 

Referências

GEBHARDT, R; et al. Choleretic and anticholestatic activity of flavonoids of artichoke (Cynaracardunculus l. subsp. scolymus (l.) hayek). Act a horticulturae, v. 681, n. 681, p. 429-436, May. 2005.

LAZZINI, S; et al. The effect of ginger (Zingiberofficinalis) andartichoke (Cynaracardunculus) extract supplementation on gastric motility: a pilotrandomized study in healthy volunteers. European Review for Medical and Pharmacological, v. 20, n. 1, p. 146-149, Jan. 2016.

QIUSHENG, Z; et al. Protective effects of luteolin-7-glucoside against liver injury caused bycarbon tetrachloride in rats. Pharmazie, v. 59, n. 4, p. 286-289, Apr. 2004.

ZHANG, Y.C; et al. Antioxidant and Nrf2 inducing activities of luteolin, a flavonoid constituent in Ixerissonchifolia Hance, provide neuroprotective effects against ischemia-induced cellular injury. Food Chemical Toxicol., v. 59, p. 272-80, Jun. 2013.

 

 

Posologia: Administrar 1 dose ao dia.

Posologia: Administrar 1 dose pela manhã.

Dica Galena Nutrition: Altilix™ modula a expressão gênica de NRF-2 que estimula a síntese de superóxido desmutase, catalase e glutation peroxidase, atua na FASE I de detoxificação, já que nesta fase há grande geração de radicais livres, além de exercer efeito importante pela ação antioxidante na estabilização da membrana dos hepatócitos. A Cacti-Nea™ age na fase II de detox, por conter minerais, principalmente, Magnésio e vitaminas do complexo B que agem como cofatores das reações. Também contém aminoácidos, em especial a taurina, que favorecem reações de conjugação como a metilação. As betalaínas são importantes por aumentar a expressão da glutation-S-transferase e quinona redutase. A Cacti-Nea™ e Altilix ™agem em sinergia, otimizando o processo de metabolização e contribuindo para aumentar a hidrossolubilidade dos subprodutos, favorecendo a excreção renal e intestinal, auxiliando assim para redução da permanência dos metabolitos tóxicos no organismo. Vitamina B12, NAC e MSM são doadores de grupos metil, importantes para a fase 2 de detoxificação.

 

(14)